Secretário de Cultura de Cabo Frio, Ricardo Chopinho, ocupa a Tribuna Livre da Câmara Municipal

Por em 21/03/2017
O Secretário Municipal de Cultura, Ricardo Chopinho, ocupou a tribuna da Câmara Municipal nesta terça-feira (21) para prestar esclarecimentos e dar informações sobre a atuação da secretaria no primeiro trimestre de 2017.

O Secretário Municipal de Cultura, Ricardo Chopinho, ocupou a tribuna da Câmara Municipal nesta terça-feira (21) para prestar esclarecimentos e dar informações sobre a atuação da secretaria no primeiro trimestre de 2017. Entre as ações realizadas em janeiro, o secretario destacou a necessidade de redivisão do espaço da Morada do Samba para alocar as secretarias que pagavam aluguéis, a regulamentação dos espaços culturais e a preocupação com o acervo da Biblioteca Municipal Walter Nogueira, que precisará ser transferida para um novo espaço, sendo a única biblioteca da Baixada Litorânea com acervo de livros raros tombados pelo Patrimônio Histórico. Em fevereiro, o secretario lembrou a reunião que teve com o Banco Itaú, que irá desocupar o Palácio das Águias, informando, em primeira mão, que o prédio histórico abrigará o CAV – Centro de Artes Visuais. Chopinho destacou ainda a avaliação técnica da Fazenda Campos Novos, o levantamento histórico do acervo fotográfico de Woney Teixeira, a limpeza e o ordenamento do Espaço Cultural de Tamoios, bem como a restauração do Espaço Cultural de Cabo Frio, a pintura do Forte São Mateus e o planejamento para o Carnaval 2018, com a primeira reunião agendada para o dia 04 de abril de 2017. Chopinho ressaltou ainda que está realizando uma auditoria interna na Secretaria de Cultura desde janeiro e falou sobre os preparativos para a 27.ª Semana Teixeira e Sousa.

 

O vereador Oséias de Tamoios elogiou a conduta agregadora do secretário e reinterou sua preocupação com a promoção da cultura também no Distrito de Tamoios. O vereador aproveitou a oportunidade e doou para a secretaria uma lona cultural para a viabilização de projetos na área e se colocou a disposição para colaborar na promoção de projetos culturais que tirem as crianças e os jovens das drogas e da violência.

 

A vereadora Alexandra Codeço destacou a situação da Fazenda Campos Novos, lembrando de sua importância histórica e cultural não apenas para o Distrito de Tamoios, mas para todo o município. A vereadora citou ainda a importância do projeto Caminhos de Darwin.

 

O vereador Rafael Peçanha questionou sobre a situação do Morro da Guia, um dos cartões postais do município, pouco utilizado pelo poder público.  O secretário de Cultura ressaltou que este patrimônio não está sob a administração do governo municipal, mas sim sob a gestão do IBRAM – Instituto Brasileiro de Museus, pertencendo ao Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio (MART).

 

O vereador Miguel Alencar, que tem trabalho voltado à cultura do município, parabenizou o secretário, se comprometendo a auxiliar a secretaria no que for necessário para a viabilização de novos projetos culturais.