CPI recebe documentos do Hospital da Mulher e agenda reunião aberta

CPI recebe documentos do Hospital da Mulher e agenda reunião aberta

A CPI do Hospital da Mulher de Cabo Frio recebeu no final da tarde desta quinta-feira (14) os documentos solicitados à direção da unidade hospitalar. Entre a documentação, impressa e pendrives estão cópias do livro de entrada e saída dos pacientes, cópia do livro do livro de óbitos, cópia de guias de entrada e saída de insumos, relação nominal e registro de frequência dos funcionários e cópia do controle de movimentação das ambulâncias que estão a serviço do Hospital da Mulher nos meses de novembro/2018, dezembro/2018 e janeiro/2019.

Na ocasião o presidente da Comissão, o vereador Ricardo Martins (SD), anunciou a primeira reunião aberta da CPI no plenário da casa legislativa para a próxima quarta-feira (20) às 10h. O Vereador explicou que com a entrega dos documentos feita pela direção do hospital, a CPI vai comparar os dados, com informações e denúncias, para cruzar as informações e apurar as possíveis negligências médicas.

“Vamos analisar os documentos fornecidos, cruzar os dados com as denúncias e realizar oitivas. Nosso objetivo é democratizar a discussão e ouvir além das pacientes denunciantes e seus familiares, outros agentes da área de saúde”, destacou Martins.

A CPI

A CPI, criada no inicio de fevereiro, tem como foco investigar as denúncias de mortes de nascituros que ocorreram no Hospital da Mulher, no início do ano, e várias denúncias de negligência que foram registradas na delegacia de Cabo Frio, Câmara e no Conselho Municipal de Saúde, resultando, inclusive, em uma audiência pública.

Os integrantes da comissão terão 90 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 90 dias, para concluir as investigações.

Acessibilidade