Secretaria de Saúde presta esclarecimentos sobre Plano Municipal de Vacinação

Secretaria de Saúde presta esclarecimentos sobre Plano Municipal de Vacinação

O secretário de Saúde, Felipe Fernandes; e a superintendente de Vigilância em Saúde participaram da sessão ordinária desta terça-feira (6) na Câmara Municipal de Cabo Frio. O objetivo foi prestar esclarecimentos sobre o Plano de Vacinação contra a Covid-19, conforme o requerimento 032/2021, de autoria da vereadora Carol Midori.

De acordo com as informações trazidas pelo secretário, a imunização começou no dia 20 de janeiro. Até o momento, o município de Cabo Frio recebeu 47.655 doses da vacina contra o coronavírus. Foram aplicadas 14.553 vacinas de primeira dose e 2.934 vacinas de segunda dose, totalizando 17.487 doses aplicadas.

A diferença entre a quantidade de vacina recebida para as doses aplicadas é devido ao intervalo entre a primeira e segunda dose de cada laboratório. A quantidade destinada para a primeira e a segunda dose é especificada na nota técnica entregue em cada remessa proveniente da Secretaria de Estado de Saúde. No caso da vacina Oxford/AstraZeneca, o intervalo necessário é de três meses, enquanto no caso da Coronavac (Sinovac/Butantan) o prazo é de 21 a 28 dias.

 

Vereador solicita tenda para atendimento em Tamoios

Na mesma sessão, o parlamentar Oseias, autor da Indicação 0257/2021, solicitou a colocação de tenda específica para atendimentos a pacientes com Covid-19 em Tamoios. O documento foi aprovado e encaminhado ao Executivo.

“Diante do aumento significativo de avanço da Covid 19, e com a eminência de um colapso na rede de saúde solicito ao Exmo. Prefeito que coloque uma estrutura de apoio ao atendimento de COVID em Tamoios. A solicitação visa minimizar o sofrimento de pessoas e garantir um tratamento digno pela rede de saúde pública aos que necessitam”, explicou.

 

Taxistas poderão integrar grupo prioritário de vacinação

O vereador Vanderson Bento, por meio da Indicação 284/2021, solicita ao Executivo que os taxistas e motoristas de aplicativos sejam integrem o grupo prioritário no Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19.

“Os motoristas têm contatos frequentes e diretos com diferentes pessoas durante todos os dias, o que aumenta significativamente as chances de contrair o vírus. O objetivo é priorizar grupos de risco e categorias profissionais essenciais que ficam expostas e, em consequência, com maiores chances de contágio e transmissão da doença”, disse o vereador.

Deixe seu comentário
Acessibilidade